Sentinel

Persona de contacto: 
Paulo Talhada dos Santos
Organismo: 
FAPAS - Fundo para a Protecção dos Animais Selvagens
Código Postal: 
4000-055
Localidad: 
Porto
Provincia (NUT III): 
Rua Alexandre Herculano, 371 4º Dto
Región (NUT II): 
Norte
País: 
Portugal
Palabras clave: 
bioindicadores climáticos, recursos hídricos, biodiversidade, Rede Natura 2000
Calendario (indicativo): 
06-2016 > 06-2019
Origen geográfico de los socios que busca: 
Castilla-León; Galicia
Perfil de los socios que busca: 
Organismos da Administração Pública, ONG de Conservação da Natureza, Universidades, Empresas Públicas ligadas à gestão dos Recursos Hídricos
Descripción del proyecto: 
O projeto SENTINEL visa a criação de ferramentas para antecipar e mitigar os efeitos das alterações climáticas, e da sua provável interação de outras ameaças antropogénicas, sobre os ecossistemas aquáticos protegidos no âmbito da Rede Natura 2000, bem como o desenvolvimento de respostas conjuntas para a implementação de ações de proteção e preservação de espécies e habitats associados ao meio hídrico.
Objetivos principales: 
Prevê a criação de uma ferramenta/metodologia colaborativa de avaliação do estado de conservação de populações de libélulas da espécie Calopteryx virgo e Oxygastra curtisii e de náiades da espécie Margaritifera margaritifera e das populações selvagens de Salmo truta (o seu peixe hospedeiro mais comum), antevendo-se como o embrião de uma rede de monitorização LTER, utilizando as referidas espécies como sentinelas bioindicadoras climáticas e da qualidade dos ecossistemas. Prevê-se concretizar respostas que induzam melhorias que possam incrementar a resiliência dos ecossistemas aquáticos (restabelecimento da continuidade fluvial, migração assistida de espécies piscícolas, incremento populacional via reprodução ex-situ, diminuição das capturas da pesca lúdica, redução da poluição, melhoria da qualidade do bosque ripário) e consolidar uma estratégia de conservação ex-situ de espécies ameaçadas e de salvaguarda das populações locais de Salmo trutta, assente na dinamização de uma rede de polos de reprodução. Prevê um conjunto integrado de ações de cooperação intra-projeto de promoção da coordenação entre os atores e da sua capacitação, a partilha de conhecimentos e de experiências e a capitalização de boas práticas, com vista a se alcançar uma utilização racional dos recursos hídricos e preservar a biodiversidade em espaços da Rede Natura 2000. A componente comunicacional será reforçada com a ações dirigidas à sensibilização dos atores chave decisores, por forma a divulgar as estratégias e a adaptação territorial progressiva das soluções testadas.
Resultados previstos: 
Criação de ferramenta colaborativa de avaliação do estado de conservação dos ecossistemas e criação de uma rede de pontos de monitorização LTER; reabilitação de habitats fluviais; promoção da gestão sustentável das populações de Salmo truta; estabelecimento de uma rede de polos reprodução de Margaritifera margaritifera e de salvaguarda da populações locais de Salmo truta; realização de intercâmbios de experiências entre os parceiros e os diversos stakeholders.

Playlists: proyectos destacados / videotutoriales

 

Listas: #HistoriasIbéricas / #POCTEPenLosMedios

 

 

 

Boletín Informativo

Seleccione abajo para suscribirse

Capitalización: redes temáticas Interact

Contactos POCTEP

Contactos 2014-2020  |  Contactos 2007-2013

  • programa@poctep.eu 
  • (+34) 924 20 59 58
  • C/ Luís Álvarez Lencero 3, Planta 3ª, Of. 13, 06011 BADAJOZ (España)